domingo, 30 de outubro de 2011

HALLOWEEN NÃO PQ NÃO SOU INIMIGO DE DEUS (TIAGO-4:4)

           Hoje 31 de outubro o mundo está comemorando o famoso, primeiramente nos Estados Unidos agora também no Brasil, Halloween, infelizmente diga-se de passagem. Nós como cristãos não devemos participar nem permitir que nossos familiares participem de eventos como este, o Halloween é uma festividade que tem como base sacrifícios humanos, comunicação com os mortos entre outras coisas.
               Origem Pagã 
            Para falarmos melhor sobre o Halloween devemos começar a falar de suas origens que remontam a cultura Celta,que tinham como um de seus costumes levantar altares em bosques assim como os povos inimigos de Deus na Bíblia.
Druida sacerdote celta
           Neste mesmo período do ano entre os anos 600 A.C e 800 D.C  os Celtas celebravam  o  festival chamado de Samhain , que tinha como objetivo dar culto aos mortos(fato proibido expressamente por Deus [Levítico 20:6]),outro costume da tradição celta, constituía em oferecer alimentos aos espíritos malignos para que estes não interferissem negativamente em suas vidas(Aonde eu já vi algo parecido com isso mesmo?), o festejo que acontecia entre o equinócio de verão e o solstício de inverno era a passagem de ano do povo Celta onde os mesmos acreditavam que os mortos retornavam a terra e eles poderiam se comunicar com eles para que a colheita  fosse abundante.
                Origem Católica 
           Bem após conhecermos a origem pagã do festejo vamos a parte sincretista desse festival pagão, que tem relação direta com a Igreja Católica. Desde o século IV a Igreja da Síria consagrava um dia para festejar "Todos os Mártires". Três séculos mais tarde o Papa Bonifácio IV  transformou um templo romano dedicado a todos os deuses (Panteão) num templo cristão e o dedicou a "Todos os Santos". Todos os santos que anos mais tardes receberiam da Igreja Católica uma data comemorativa a saber 1º de novembro, como festa grande, esta também ganhou a sua celebração vespertina ou vigília, que prepara a festa no dia anterior (31 de outubro). Na tradução para o inglês, essa vigília era chamada All Hallow’s Eve (Vigília de Todos os Santos), passando depois pelas formas All Hallowed Eve e "All Hallow Een" até chegar à palavra atual "Halloween".
            Origem Sincretista 
      No final do século II a região da Gália, região que compreende hoje o território da França,Bélgica e Holanda havia sido tomada totalmente pelo império Romano assim como as ilhas do Reino unido, o berço da civilização Celta estava sobre domínio católico assim como sua religião e sua cultura, como o passar do tempo o povo da região começou a ser evangelizado até que por fim os ritos Celtas se mesclaram com os Católicos, onde o povo celebraria em uma só festa o festival de  Samhain  e a All Hallow’s Eve (Vigília de Todos os Santos),Finalizamos assim a origem do Halloween.
           Precursor Moderno
Podemos ver que a celebração de hoje está totalmente mascarada por satanás de modo que quase nenhum dos elementos antes citados aparece no festejo nos dias de hoje mas há uma explicação para isso, ao passar do tempo os elementos que conhecemos foram adicionados ao festejo para mascarar a origem real do festejo pagão.
Elementos contemporâneos
          Entre os elementos acrescidos, temos por exemplo o costume das fantasias, muito possivelmente nascido na França entre os séculos XIV e XV,que assolada por um surto de peste negra e de peste bubônica,  viu grandes figuras de sua sociedade sucumbindo as mazelas da época, na missa de 31 de outubro era costume que cidadães se fantasiassem como as "famosas" pessoas que haviam morrido naquele ano como forma de homenagear a mesma.
        A expressão doce ou travessura surgiu durante a perseguição protestante a católicos na irlanda entre 1500 e 1700, católicos irlandeses privados de direitos civis planejavam matar o rei protestante Jorge I,após a insurgência ser descoberta e seus líderes assassinados, os irlandeses passaram a visitar os católicos exigindo dos mesmos cervejas e pastéis, abordando-os com a conhecida frase: "doce ou travessura". Esse costume atravessou o continente e aportou nos Estados Unidos com os colonos irlandeses.
      A lua cheia teve origem na tradição celta, principalmente nas crenças dos sacerdotes druidas, o período da lua cheia era considerado favorável para a realização de determinados rituais, como a construção de grandes fogueiras denominadas Bonfire (ou Bonefire, Fogo de Ossos), ritual onde se queimavam vivos prisioneiros de guerra, criminosos e animais. Eles acreditavam prever o futuro através do fogo observando a posição dos corpos em chama.
        Para os druidas o gato era um animal místico. Acreditava-se que as feiticeiras maléficas poderiam transferir a alma para seus corpos. Assim, muitos felinos eram sacrificados quando havia a suspeita de serem "feiticeiras camufladas". Os seres humanos que praticavam perversidades eram transformados em gatos como meio de punição, segundo esta crença.
           O morcego também adquiriu a reputação de possuir forças ocultas, por sua habilidade de perseguir suas presas no escuro. O mamífero também mantinha as características dos pássaros (no ocultismo, símbolo da alma) e dos demônios (por ser noturno). Na Idade Média, acreditava-se que demônios transformavam-se em morcegos.
Jack o'Lantern
            Máscaras e fantasias eram utilizadas para afugentar entidades malfeitoras. Além de alterar a personalidade do usuário, possuíam a propriedade de conectá-lo aos mundos espirituais. As cores mais comuns no Halloween são o laranja e preto. Elas estavam associadas à missas em favor dos mortos celebradas em novembro. As velas de cera de abelha tinham cor alaranjada, e os esquifes eram cobertos com tecidos pretos.
                                                                                                                        Com "pena" de uma alma perdida, o diabo joga uma brasa para que Jack(representa aqui qualquer alma) possa iluminar seu caminho pelo "purgatório". Jack põe a brasa dentro de um nabo para que dure mais tempo e sai perambulando. Os nabos na Irlanda eram usados como seu "lanternas do Jack" originalmente. Mas quando os imigrantes vieram para a América, eles acharam que as abóboras eram muito mais abundantes que nabos. Então Jack O'Lantern (Jack da Lanterna). na América passa a ser uma abóbora, iluminada com uma brasa.
                O HALLOWEEN HOJE
         Nos dia de hoje esse festival milenar, onde celebra-se uma penca de atos anti Bíblicos tem sido cada vez mais introduzido em nossa cultura, antes apenas cursinhos de inglês propagavam essa cultura ocultista, mas no dia de hoje nos aproximamos de tornar o dia de 31 de outubro uma data de nosso calendário, senão de forma legislativa pelo menos de forma cultural, onde podemos notar diversas citações dessa data em nossa cultura.
         Esse ardiloso plano de de satanás de introduzir um festival que celebra o pecado (para assim sintetizar o que significa a comemoração do Halloween) em nossas vidas tem tomado tais proporções que até Igrejas Evangélicas tem nesse mesmo período festas a fantasia para de forma errada parafrasear o antigo SAMHAIN, A VIGÍLIA DE TODOS OS SANTOS, E O CONTEMPORÂNEO HALLOWEEN, Igrejas que se submetem ao jugo do mundo assim como a Igreja Católica fazia na antiguidade, permitindo que a cultura desse macabro festival invada a Igreja Cristã.
         Como Cristãos devemos abominar essa festa pagã, não aceitando nada que esteja relacionado com essa história de Halloween, aqueles que são pais não permitam que seus filhos participem de nenhum evento  ligado ao halloween, nossa oração no dia de hoje é para que nós resistamos a essa cultura de pecado e transgressão a palavra de Deus.
       NÃO SE CONFORME COM O CURSO DO MUNDO!
       
HALLOWEEN NÃO! PORQUE NÃO SOU INIMIGO DE DEUS!!!
      Paz do Senhor a todos!!

1 comentários:

Postar um comentário

Gostou do conteúdo?Comente,sua opinião é muito importante!